29/05/2021 16:21 - EM
Olímpico
Com atletas do Flu, seleção júnior é bronze no Pan de Nado da UANA
Ana Beatriz Nunes e Luiza Ferreira participaram da conquista por equipe que garantiu vaga nos primeiros Jogos Pan-Americanos da categoria


Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Com a participação das atletas do Fluminense Ana Beatriz Nunes e Luiza Ferreira, a seleção brasileira júnior de nado artístico conquistou nesta sexta-feira (28/05) a medalha de bronze por equipe no Campeonato Pan-americano de Nado Artístico da UANA (União de Natação das Américas). Com o resultado, a equipe garantiu vaga nos primeiros Jogos Pan-Americanos Júnior da história, em Cali, Colômbia, de 9 a 19 de setembro.

Leia mais: Nova data do Pré-Olímpico de Nado Artístico agrada Tricolores

O Campeonato Pan-americano de Nado Artístico da UANA foi realizado em Aruba, porém, a equipe brasileira não pôde competir presencialmente devido à pandemia da COVID-19. A solução foi participar da competição por vídeo. A seleção brasileira gravou suas apresentações na piscina do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), da Marinha do Brasil, e as enviou à organização do evento.

A iniciativa valeu à pena e a seleção ficou em terceiro lugar com 75.5333, atrás apenas de México, medalhista de ouro com 82.4333, e Chile, prata com 78.1333.

"Já tínhamos competido virtualmente antes, porém, ainda não tinha sido por equipe e nem em nível internacional. Confesso que foi um pouco estranho e desafiador. Todo o evento da competição presencial nos traz outros sentimentos, o público, os adversários, a ansiedade da viagem. Mas tentamos reproduzir ao máximo esse clima e nos apegamos a nossa grande meta, que era a classificação para o Pan Júnior", comemorou a tricolor Luiza Ferreira.

Os Jogos Pan-Americanos Júnior Cali 2021  serão o primeiro evento continental inteiramente dedicado a atletas de 14 a 22 anos. E os competidores terão uma motivação a mais: os medalhistas de ouro de cada modalidade estarão classificados para os Jogos Pan-americanos Santiago 2023, no Chile.

"A expectativa para Cali é grande, principalmente pela melhora do nosso resultado. Estamos torcendo muito para que tudo fique mais tranquilo em relação ao coronavírus e possamos competir presencialmente", afirmou Ana Beatriz.

Luiza Ferreira também não esconde a ansiedade para fazer sua estreia em Jogos Pan-Americanos.

"É a primeira vez que tem o Pan na categoria júnior e também SERÁ primeira vez que vou participar de um Pan. É uma competição muito importante e de nível bem alto, mas uma medalha é sempre o nosso objetivo. Treinamos muito para poder representar o nosso país e esperamos que a situação do mundo, com relação ao covid, esteja melhor, para que possamos fazer isso presencialmente. É um momento muito especial para todos nós e já estamos muito felizes em ter conquistado essa vaga", finalizou Luiza.

Além da medalha de bronze por equipes, o Brasil conquistou o ouro no solo livre, prata no dueto misto, bronze no dueto e o quarto lugar no solo técnico.

Texto: Comunicação/FFC
Fotos: Arquivo pessoal





Umbro orig original
Betano original
Gazin original
Tim original
Patrocinio.jpg original
Hotelnacional original
Brahma original
Zinzane original
Samoc original
Puri original
Ambipar original
Bassan original
Flaviohermolin original
Rentv original
Nhj original
Nb original
Telecall original
Thermohuman original
Bodymetrix original
Vaccini original
Top on original
Singular original
Opusseg original
Coachid original
Donna original
Mazars original
Estacio original
Ncores original
Cbc original
Fourtrade original
Phnorte original
Playermaker original