29/10/2020 14:23 - EM
Olímpico
Goleiro Marcelo Chagas reforça o polo aquático Tricolor
Medalhista pan-americano e com diversas passagens pela seleção brasileira, atleta mira uma medalha no Brasil Open


Seja Sócio e tenha vantagens na compra de ingressos, além de descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Com participação em dois Jogos Pan-americanos, com direito a medalha de bronze em Guadalajara 2011, e três Mundiais, além de passagens pelo exterior e por outros grandes times brasileiros, o experiente goleiro Marcelo Chagas está de volta ao Fluminense. Aos 40 anos, ele é um dos principais reforços da equipe adulta de polo aquático para a temporada. O primeiro desafio já tem data para ser disputado: será o Brasil Open, de 18 a 22 de novembro, em Bauru, São Paulo.

Marcelo estava no Botafogo e chegou a Laranjeiras acompanhado de outros três ex-alvinegros: Fábio Bento, Luis Ricardo e Felipe Martins. Esta é sua terceira passagem pelo Fluminense e, levando-se em consideração sua última participação, de 2011 a 2013, a expectativa para este ano é alta.

Leia mais: Polo aquático tricolor faz jogo-treino com o Sesi em Laranjeiras

"Ficamos três anos sem perder nenhum jogo e ganhamos todas as competições que disputamos. Na época, não era o Brasil Open, era o Troféu Brasil, mas já tinha o mesmo formato. Tínhamos perdido as três primeiras edições para o Pinheiros e depois ganhamos quatro seguidas, e eu participei de três. Este ano o time está bem forte e a previsão é melhor do que a do ano passado. Em 2019 o Flu ficou em quarto lugar na Liga e acredito que, nesse Brasil Open, podemos pegar uma medalha ou até chegar na final", disse o goleiro.

A parceria com o técnico do Fluminense, André Raposo, é antiga. Os dois jogaram juntos no Fluminense e na seleção brasileira. E se Marcelo já aprovava o desempenho do treinador dentro da água, fora da piscina ele também ganhou elogios.

"Jogamos juntos na seleção em meu primeiro Mundial de Esportes Aquáticos, em 2001, na China, e depois em várias competições. O André também estava aqui em minha primeira passagem pelo Fluminense e, na segunda, ele já estava fazendo a transição para técnico. Essa é a primeira vez que estou sendo treinado por ele e está sendo sensacional. Ele tem uma visão muito boa da modalidade e os treinamentos são muito atuais. Ele é o retrato do treinador moderno de polo aquático".

A admiração é mútua. Quito, como é conhecido o técnico Tricolor, garante que Marcelo também o ajuda na função de técnico.

"O Marcelo é muito experiente e sabe muita coisa do esporte. Trocamos muita figurinha fora da água e ele leva isso para a piscina, acaba me ajudando como um segundo técnico", finalizou o treinador do Fluminense.

Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC





Umbro original
Sika original
Tim original
Docerio original
Testfy original
Hotelnacional original
Brahma original
Zinzane original
Gatorade original
Bioleve original
Puri original
Ambipar original
Bassan original
Flaviohermolin original
Rentv original
Nhj original
Nb original
Telecall original
Thermohuman original
Bodymetrix original
Vaccini original
Top on original
Parceiro cbc original
Singular original
Opusseg original
Universidade original
Coachid original
Mazars original
Ncores original
Cbc original