10/10/2021 11:21 - EM
Olímpico
Bruna Costa é a nova capitã do time de vôlei do Fluminense
Levantadora foi escolhida em votação realizada entre os membros da comissão técnica


Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

A comissão técnica do time de vôlei do Fluminense já definiu quem será a capitã na temporada 2021/2022. Além de organizar o ataque tricolor, a levantadora Bruna Costa, de 26 anos, será responsável por liderar a equipe dentro de quadra no Campeonato Estadual e na Superliga.

"Essa foi uma escolha de toda a comissão técnica. Fizemos uma votação, consultamos a diretoria e o nome da Bruninha foi quase unanimidade. Ela traz uma energia diferente em quadra, é uma líder nata e gosta de comandar. Além disso, é apaixonada por futebol, está muito feliz por estar aqui no Fluminense e mostra essa alegria todos os dias", explicou o técnico Guilherme Schmitz.

Leia mais:
Isabella Rocha se apresenta ao time de vôlei do Fluminense
Mayara é convocada para os Jogos Pan-Americanos Júnior
Mais madura após jogar na Coreia, Bruna projeta boa temporada no Flu

A função não é novidade para Bruninha. A levantadora foi capitã de times que defendeu nas categorias de base e liderou o Curitiba Vôlei na boa campanha da temporada passada.

"Estou muito feliz por ser a capitã de um time com essa grandeza. Sempre tive a característica de falar muito em quadra e a liderança é inerente ao trabalho da levantadora, então, já estou acostumada. É uma responsabilidade grande, mas também acredito que ela é dividida entre todas. Todo mundo tem um pouquinho dessa função", disse a nova capitã tricolor.

A experiência fez Bruninha evoluir como capitã. Com um estilo de jogo aguerrido, a levantadora garante que hoje aposta no diálogo para ter sucesso na função.

"Amadureci durante a carreira. No começo era um pouquinho mais explosiva, mas acho que isso não tem mais espaço. Acredito que a capitã tem que saber lidar com a característica de cada atleta. Tem aquela que você pode dar uma chamada um pouquinho mais forte, sempre com muito respeito, e outra que tem que falar com mais carinho. Você vai aprendendo isso em cada time e amadurecendo com o tempo. Hoje a Bruninha é uma capitã que conversa muito mais do que briga, com certeza", finalizou a levantadora, com bom humor.

Texto: Comunicação/FFC
Fotos: Mailson Santana/FFC





Umbro orig original
Betano original
Gazin original
Tim original
Patrocinio.jpg original
Hotelnacional original
Brahma original
Zinzane original
Orthopride original
Samoc original
Avanutri original
Aguiabranca original
Puri original
Bluepex original
Rentv original
Nhj original
Nb original
Telecall original
Thermohuman original
Bodymetrix original
Vaccini original
Top on original
Singular original
Opusseg original
Coachid original
Donna original
Estacio original
Cbc original
Dmcremocoes original
Prosoccer original
Fourtrade original
Phnorte original
Playermaker original