Flu Tour


O Fluminense oferece uma visita guiada em sua sede, nas Laranjeiras, que é um verdadeiro passeio pela rica e centenária história do clube. O FluTour funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 17h; sábado de 9h às 15h e domingo e feriados de 9h às 13h. A entrada para sócios é gratuita. Crianças até 12 anos e idosos a partir de 60 anos também não pagam. Para o público geral, é cobrada a taxa de R$ 20. Caso deseje o acompanhamento de um guia bilíngue durante todo o circuito, realize um agendamento através do e-mail flutour@fluminense.com.br. 

Venha conhecer este espaço que é o berço do futebol brasileiro. O Fluminense é uma das instituições nacionais que mais contribuíram para o desenvolvimento do esporte e da sociedade brasileira. 

COMPRE SEU INGRESSO AQUI.

O FluTour começa pela Sala de Troféus e prossegue pelo Salão Arnaldo Guinle, Tribuna de Honra e Arquibancada Social do Estádio Manoel Schwartz, gramado, vestiário e Sala de Imprensa Nelson Rodrigues. Estes três últimos locais estão sujeitos à disponibilidade. Por fim, o torcedor ou visitante poderá conhecer a pedra onde está gravada a Ata de Fundação do Fluminense, tirar fotos nos bustos de Arnaldo Guinle, Oscar Cox, Castilho, "Casal 20" Assis e Washington e Nelson Rodrigues.

No início da Sala de Troféus, imagens de todos os presidentes são exibidas em um porta-retrato digital. Logo depois, o visitante se depara com um imenso pôster de um dos primeiros times do Fluminense, de 1904, que usava o uniforme branco e cinza, e também com a primeira bandeira da história do clube, nas mesmas cores. Na galeria de memória, ele encontra personagens e fatos marcantes, como a viagem de trem a São Paulo do embrião do time que fundaria o Fluminense, além do paletó tricolor que fez parte da primeira remessa importada da Inglaterra, em 1905, restaurado por especialistas do Museu Histórico Nacional. Um painel conta a breve história de Oscar Cox, fundador do clube, e Preguinho, campeão pelo Flu em oito modalidades diferentes.


Mais à frente, na galeria de Gigantes, destaque para Oswaldo Gomes, recordista de títulos Cariocas entre 1906 e 1919 e autor do primeiro gol da Seleção Brasileira; para o “Casal 20”, Washington e Assis; e para Castilho. O local tem ainda o primeiro vídeo da Sala de Troféus, com depoimentos de ex-jogadores e torcedores ilustres.

Seguindo pelo passeio, diversos jogadores que fizeram história estão expostos num grande painel chamado Guerreiros. As imagens de cada um rodam manualmente, exibindo dados, números e uma pequena história de cada um deles pelo Fluminense.

A linha do tempo é a primeira atração interativa. Para percorrê-la, sem tocá-la, basta fazer um movimento com as mãos. O conteúdo pode ser lido também em inglês, assim como nas principais atrações. Um vídeo com imagens e o som da torcida fazem a ambientação da área.

Os técnicos mais importantes, chuteiras e camisas históricas estão na galeria do vestiário, que faz uma homenagem ao folclórico e já falecido roupeiro Ximbica. As mulheres são lembradas na ala de torcedores. Afinal, foi por causa delas que surgiu a palavra torcida, já que descontavam o seu nervosismo nas partidas torcendo as próprias luvas, como bem observou, no Estádio das Laranjeiras, o ilustre tricolor Coelho Netto. O segundo vídeo da Sala mostra torcedores folclóricos, como o inesquecível Careca, que passava pó-de-arroz por todo o corpo.



Mas é num pequeno recinto com vista para o campo, onde funcionava um almoxarifado, que está uma das galerias mais importantes, que conta a história da sede das Laranjeiras por meio de vídeo e maquetes de 1915, 1920 e 1922, quando aconteceram as principais transformações. Responsável pela maioria das mudanças, o patrono tricolor Arnaldo Guinle recebe, nessa instalação, uma homenagem especial. Uma história que se confunde com a história do futebol e do Brasil. Foi nas Laranjeiras que a Seleção Brasileira disputou o seu primeiro jogo em 1914, com gol de Oswaldo Gomes. E é ali que está exposta a bola da partida. Já no estande de tiro, preparou-se para a Olimpíada de 1920, na Antuérpia (Bélgica), Afrânio da Costa, primeiro medalhista olímpico brasileiro e atleta do Fluminense.

A segunda interatividade vem logo a seguir. Um espelho virtual exibe mais de 30 uniformes históricos do Fluminense. Para isso, o visitante sequer precisa encostar na tela.

As exposições temporárias já homenagearam Nelson Rodrigues, a Torcida Mais Bonita do Brasil, retratou a conquista do tetracampeonato brasileiro em fotos, a relação do Fluminense com a Seleção Brasileira e a conquista do Mundial de Clubes (Copa Rio) de 1952.



E, enfim, a ala das taças e medalhas, dividida em: Esportes Olímpicos (com réplica da Taça Olímpica de 1949 e a medalha de prata de Afrânio da Costa); Campeonatos Cariocas (todos os troféus); Categorias de Base; Torneio Rio-São Paulo (lembrado por um painel); Conquistas Internacionais; Outras Conquistas; e as Grandes Conquistas (os quatro títulos Brasileiros, a Copa do Brasil e o Campeonato Mundial de 1952 – Copa Rio), que trazem com os troféus uma foto do time, do personagem da competição, a história e as estatísticas do campeonato.

O passeio pela história termina com mais interatividade. Com o recurso dos sensores de movimento, é possível passar as páginas dos jornais que noticiaram os títulos do Fluzão. E em dois rádios cenográficos, o ouvinte sintoniza as narrações de gols históricos do Fluminense. O material foi cedido pela Rádio Globo e pela CBN. No fim da Sala de Troféus, o visitante ainda tira uma foto num cartão-postal que pode ser compartilhado em suas redes sociais.

Após a Sala de Troféus, o visitante é direcionado para o Salão Arnaldo Guinle, o famoso Salão Nobre do Fluminense, com seus famosos vitrais franceses, lustres de cristal e afrescos, todos originais da data de sua inauguração, em 1920. Saindo do Salão, o FluTour prossegue pela Tribuna de Honra e Arquibancada Social do Estádio Manoel Schwartz. Logo depois, o torcedor ou visitante será direcionado para o gramado, vestiário do Futebol Profissional e Sala de Imprensa Nelson Rodrigues. A visita termina na pedra onde está gravada a Ata de Fundação do Fluminense, tirar fotos nos bustos de Arnaldo Guinle, Oscar Cox, "Casal 20" (Assis e Washington) e Nelson Rodrigues.

 

Texto: Comunicação/ FFC
Fotos: Lucas Merçon e Mailson Santana/ FFC


próximos confrontos
Superliga Feminina 2017/18
Brb brasilia volei site
X
Fluminense
1ª Rodada-Returno - Seg, 18/12, 21:00 - GINÁSIO SESI TAGUATINGA
Superliga Feminina 2017/18
Fluminense
X
Volei bauru site
2ª Rodada-Returno - Sex, 22/12, 20:00 - HEBRAICA
Superliga Feminina 2017/18
Camponesa minas site
X
Fluminense
3ª Rodada-Returno - Ter, 9/1, 20:00 - GINÁSIO ARENA MINAS
Florida Cup
Psv logo site
X
Fluminense
1ª fase - Sex, 12/1, 16:00 - Spectrum Stadium (Orlando)
Superliga Feminina 2017/18
Fluminense
X
Dentil  praia clube site
4ª Rodada-Returno - Sex, 12/1, 20:00 - HEBRAICA
Florida Cup
Fluminense
X
Bcn equ site
1ª fase - Seg, 15/1, 13:00 - Spectrum Stadium (Orlando)
Superliga Feminina 2017/18
Volei nestle site
X
Fluminense
5ª Rodada-Returno - Sex, 26/1, 19:30 - GINÁSIO JOSÉ LIBERATTI
Superliga Feminina 2017/18
Fluminense
X
Sesc rj site
6ª Rodada-Returno - Ter, 30/1, 20:00 - HEBRAICA
Superliga Feminina 2017/18
Hinode barueri site
X
Fluminense
7ª Rodada-Returno - Sex, 2/2, 19:30 - GINÁSIO PANELA DE PRESSÃO
Superliga Feminina 2017/18
Fluminense
X
Renata valinhos  country site
8ª Rodada-Returno - Qui, 8/2, 20:00 - HEBRAICA
Superliga Feminina 2017/18
Sao cristovao saude  sao caetano site
X
Fluminense
9ª Rodada-Returno - Sex, 16/2, 20:00 - GINÁSIO LAURO GOMES
Superliga Feminina 2017/18
Fluminense
X
E.c.pinheiros site
10ª Rodada-Returno - Sex, 23/2, 20:00 - HEBRAICA

Ua original
Frescatto original
Tim original
Thinkseg original
Laboratorios lafe original
Zoom original
Mackenzie original
Brahma3 original
Gatorade original
Parceiro movimento futebol melhor original
Eurocolchoes original
Parceiro bioleve original
99 original
Vw original
Nbtelecom original
Baurfeind original
Parceiro sos mata atlantica original
Parceiro cbc original