07/05/2018 17:57 - EM
Xerém
Xerém tem seis jogadores convocados para a Seleção nesta temporada
Molecada tem se destacado muito no cenário nacional tanto na base como na equipe profissional do Fluminense



Seja Sócio e tenha vantagens na compra de ingressos, além de descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

O atacante Marcos Paulo foi um dos destaques do Brasil no Torneio de Montaigu, na França

A CBF anunciou no final da última semana a convocação dos jogadores do Sub-15 Miguel Silveira, Kayky, Matheus Martins, e dos atletas do Sub-17 Kaka e Miguel para períodos de treinamentos com a Seleção Brasileira. Somado ao atacante Marcos Paulo, que se destacou pelo Brasil neste ano, são seis Moleques de Xerém convocados só nesta temporada. O bom número de convocados prova mais uma vez que o trabalho realizado na base do clube está no caminho certo e que continuará trazendo bons frutos para o Fluminense.

- A convocação destes atletas chamam a atenção por alguns motivos. Todos eles são jogadores do meio para frente, leves e com muita qualidade técnica. São meninos com baixa maturação, o que indica que ainda vão evoluir muito. São atletas com muita projeção e que podem render, tecnicamente, muito ao clube em um futuro próximo - comemorou o diretor esportivo da base, Marcelo Teixeira.

Os destaques de Xerém não ficam apenas na base. Entre os atletas do elenco profissional, que vem realizando uma boa campanha neste início de Brasileiro, 15 jogadores foram formados em casa e muitos deles estão se destacando muito nesta temporada.

- É gratificante ver o Pedro, o Ayrton Lucas, o Ibanez, o Pablo Dyego e tantos outros Moleques de Xerém se destacando no primeiro time. Porém, sabemos que a boa fase não é apenas por causa deles. O Fluminense tem um grande grupo. O trabalho realizado pelo Paulo Autuori e pelo Abel Braga na formação deste elenco é muito bom - completou Marcelo Teixeira.

Kaka, do sub-17 do Flu, vem realizando uma grande temporada

O Fluminense tem uma formação completa que começa no futsal ou nas escolas oficiais (Projeto Guerreirinhos), passa por Xerém e pode terminar na Europa, no STK Fluminense Samorin. Xerém segue a mesma metodologia de treinos para todas as categorias. Porém, o trabalho é diferenciado para cada faixa etária, respeitando o desenvolvimento físico, mental e técnico de cada jogador. Os resultados da base mostram a cada ano que o futuro do clube está em boas mãos.

Comunicação FFC
Fotos: Mailson Santana FFC





Ua original
Tim original
Autovisa original
Fortevir original
Kashbet2 original
Azeiteroyal original
Gatorade original
Brahma original
Futebolmelhor original
Bioleve original
Puri original
Bassan original
Flaviohermolin original
Rentv original
Nhj original
Nb original
Radlink original
Grupoentreter original
Thermohuman original
Bodymetrix original
Vaccini original
Redeon original
Parceiro cbc original