14/09/2020 21:05 - EM
Futebol | Clube
Tricolores distantes reatam história que liga Brasil a Portugal
Visita de dirigente do Club Football Estrela da Amadora à sede do Fluminense propõe ações conjuntas


Seja Sócio e tenha vantagens na compra de ingressos, além de descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Mais de 7 mil quilômetros (segundo o Google Maps) separam a Avenida Dom José I, na Reboleira, em Amadora, Portugal, da Rua Álvaro Chaves, 41, em Laranjeiras. Mas os endereços guardam a histórica ligação entre dois Tricolores: Club Football Estrela da Amadora e Fluminense Football Club. No sábado (12/09), mais um capítulo foi escrito, com a visita de Tiago Felipe Coelho Dias, Assessor de Relações Internacionais do clube português, para conhecer a sede das Laranjeiras, onde trocou camisas com o vice-presidente de Relações Internacionais, Eduardo Mitke Brandão Reis.


Durante a conversa entre os diretores, não foram tratadas apenas as históricas ocorrências entre os dois clubes, mas também a possibilidade de novos encontros visando troca de experiências entre Tricolores. “É uma honra para nós recebermos a visita de um representante do Estrela da Amadora. É uma instituição com a qual temos uma relação intrínseca, que mistura a história dos dois clubes. Por determinação do presidente Mário Bittencourt, estamos nos aproximando e ampliando as relações entre os clubes nacionais e internacionais que tenham alguma ligação com o Fluminense. A visita já é parte de um trabalho que visa resgatar cada vez mais a história do Fluminense no Brasil e no mundo”, afirmou Eduardo Mitke.

Para o dirigente lusitano, uma oportunidade ímpar para reconectar as duas instituições num futuro que se assemelhe com o passado. “É uma relação de clubes irmãos, temos que admitir que é. O Fluminense faz parte da história de criação do uniforme principal do Estrela da Amadora e acho que essa visita irá estreitar as relações ainda mais. Acho que o Fluminense merece esse reconhecimento por parte de Portugal e dos adeptos do Estrela”, explicou Tiago Felipe.


Essa ligação histórica, citada por Tiago, teve início em 1951, quando dirigentes do Fluminense, em passagem por Portugal, realizaram uma visita ao clube lusitano. Sensibilizados pela recepção calorosa no local e a simpatia das pessoas do Estrela, quando retornaram ao Rio de Janeiro, enviaram uniformes completos do Fluminense para a sede na Reboleira. A partir daquele momento, estava definido pelos dirigentes portugueses a adoção do “padrão Fluminense que se manteve até os dias de hoje.


Club Football Estrela da Amadora


A Amadora é uma cidade portuguesa pertencente ao distrito e área metropolitana de Lisboa. É lá que se encontra, na Rua Dom José I, o Estádio José Gomes, a sede do Club Football Estrela da Amadora. Nascido em 22 de janeiro de 1932, o então Clube de Futebol Estrela da Amadora, teve sua época áurea entre 1889 e 1990, quando sagrou-se campeão da Taça de Portugal sob o comando do técnico João Alves.

Em 2010, depois de passar por algumas dificuldades, o clube foi extinto. Já no ano seguinte um grupo de torcedores formou o Clube Desportivo Estrela (CDE) para tentar a refundação do Clube de Futebol Estrela da Amadora. O objetivo principal foi o desenvolvimento da Escola de Futebol Tricolor inaugurada em setembro de 2012, assim como as modalidades de Tênis de Mesa, Esgrima, Pesca Desportiva, Judô, Ginástica e Atletismo, além de manter as cores e tradições da antiga legenda.


Depois de muito trabalho, em julho deste ano, os sócios do Clube Desportivo Estrela realizaram uma Assembleia Geral, reunidos no Estádio José Gomes, com o intuito de votar e aprovar a fusão com o Sintra Football Club. A medida reeditava o Estrela da Amadora, agora sob o nome de Club Football Estrela da Amadora. Abrindo espaço para a disputa do Campeonato Nacional com o uniforme verde, branco e grená.

Uma das definições do grupo que passou a dirigir o novo clube é de reformular todo o Estádio José Gomes, ou “Estádio da Reboleira” como é conhecido no local. Nesta segunda-feira, 14/09, se iniciou a colocação de grama sintética em terreno lateral ao estádio, permitindo aos atletas do clube usarem a área para treinamento.


Capitão Tricolor


A outra ligação entre os dois clubes é ter entre seus ídolos Duílio Dias Júnior, o Duílio, ex-zagueiro do Fluminense e hoje na Supervisão Técnica do Sub-17 em Xerém. Duílio foi capitão e responsável por erguer o último campeonato do clube, a Taça de Portugal, em 1990.


Em 1985 o zagueiro deixou o Fluminense para jogar no Sporting de Portugal. Ele explica que depois de chegar ao país precisou fazer jogos para manter a forma, até que toda documentação estivesse pronta. Para sua surpresa, o primeiro amistoso foi contra o Estrela da Amadora.


“Antes da minha estreia pelo Sporting, fiz alguns jogos com os reservas e minha primeira partida foi muito engraçada. Quando entrei em campo e olhei para o adversário, perguntei a um companheiro de equipe se iríamos jogar contra o Fluminense? Foi a minha primeira experiência com o Tricolor de Portugal”, conta o jogador.

Depois de alguns anos de contrato com o Sporting, Duílio recebeu uma proposta do Estrela da Amadora, vinda de um diretor com quem trabalhara. Segundo ele, a proposta era de que ele seria o capitão e ajudaria a montar o time para disputar a primeira divisão local.


“Me reuni com pessoal do Estrela e foi engraçado porque o presidente me deu um cheque em branco e me perguntou se eu sabia preencher o documento em Portugal. Eu respondi que sabia, preenchi e entreguei a ele. Ele pegou o cheque, colocou no meu bolso e disse: temos o homem. O sentimento de ser campeão pelo Fluminense e pelo Estrela, em Portugal, é indescritível. Aqui tínhamos o grande clube que montou um grande time. Lá, ninguém acreditava no Estrela, mas também se montou uma grande equipe com a qual fomos campeões. Eu fui campeão aqui e campeão lá. Um brasileiro erguer a taça em Portugal, foi um grande feito. Mas é o que eu digo sempre, minha família é toda Tricolor e onde tem essas cores, tem campeão”, afirma Duílio, esboçando muito orgulho das duas equipes.


TEXTO: COMUNICAÇÃO FFC
FOTOS: FLUMINENSE E ESTRELA



Umbro original
Sika original
Tim original
Docerio original
Gatorade original
Brahma original
Zinzane original
Bioleve original
Puri original
Ambipar original
Bassan original
Flaviohermolin original
Rentv original
Nhj original
Nb original
Telecall original
Thermohuman original
Bodymetrix original
Vaccini original
Top on original
Parceiro cbc original
Singular original
Opusseg original
Universidade original
Coachid original
Mazars original
Ncores original