26/06/2020 09:00 - EM
Futebol | Futebol Feminino
Atletas do futebol feminino têm palestras e aula de Yoga online
Atividades virtuais fazem parte da diversificação do trabalho do departamento


Seja Sócio e tenha vantagens na compra de ingressos, além de descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!


Seguindo a prática de diversificar as atividades do elenco, o departamento de futebol feminino do Fluminense teve uma semana de muita interação online com as atletas. O trabalho à distância, em conformidade à prevenção à COVID-19, contou com palestras de profissionais experientes da área e aula de Yoga na preparação física, tudo de forma virtual.

Na segunda-feira (22/06), as atletas do time adulto participaram de um bate-papo online com a diretora de Futebol Feminino da Federação Paulista de Futebol (FPF), Aline Pellegrino, e com a coordenadora da federação, Ana Lorena Marche. As palestras abordaram as diversas experiências de Aline e Ana Lorena na modalidade, bem como, o trabalho pelo desenvolvimento e o futuro do futebol feminino no país.

Na preparação física, também teve inovação, quando o grupo participou de uma aula de Yoga, ministrada pelo professor tricolor Marcio Filipe Marinho, que ensinou a prática de exercícios importantes para postura, respiração, concentração e relaxamento, entre outros.


“A aula de Yoga foi de extrema importância para quebrar a rotina de treinos. Encaixamos no microciclo semanal como forma de recuperação entre os treinos. O bem-estar mental proporcionado pela prática foi ótima e pretendemos tentar adaptar algumas ações de respiração e meditação aos treinos”, disse o preparador físico do time adulto, Luiz Guilherme de Azevedo.

As categorias de base também acompanharam as atividades semanais e na quarta-feira (24/06), receberam de forma virtual Beatriz Vaz, auxiliar técnica da Seleção Brasileira de Futebol Feminino. Os principais temas da palestra foram o futebol feminino de base, o crescimento da modalidade e a importância de aliar o esporte à educação.

“Trocar experiências é uma das coisas mais valiosas, quando temos essa oportunidade de escutar uns aos outros, crescemos como pessoa e como profissional. Então, quanto mais tornar essas informações visíveis, melhor para todo mundo. Tornar essas ideias e objetivos visíveis só beneficia o desenvolvimento das atletas e da modalidade”, concluiu Bia Vaz.


Texto: Comunicação/ FFC





Umbro original
Sika original
Tim original
Docerio original
Gatorade original
Brahma original
Zinzane original
Bioleve original
Puri original
Ambipar original
Bassan original
Flaviohermolin original
Rentv original
Nhj original
Nb original
Telecall original
Thermohuman original
Bodymetrix original
Vaccini original
Top on original
Parceiro cbc original
Singular original
Opusseg original
Universidade original
Coachid original
Mazars original
Ncores original