16/02/2019 19:00 - EM
Futebol
Pedro Abad falou sobre o descumprimento da decisão judicial
Entrevista coletiva aconteceu no fim da tarde deste sábado (16/02), na sede das Laranjeiras


O presidente Pedro Abad concedeu entrevista coletiva no fim da tarde deste sábado (16/02), na sede das Laranjeiras, para falar sobre o descumprimento da decisão judicial por parte do Complexo Esportivo Maracanã. Trechos:

Seja Sócio e tenha vantagens na compra de ingressos, além de descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

- Passaram vários mandatários no Vasco e no Maracanã e nunca havia acontecido, Mauro Darzé resolveu mudar o procedimento, ficou clara essa posição. Tendo o sorteio dado o mando de campo para o vencedor da outra semifinal, já prevendo a confusão, no apito final do Fla x Flu enviei mensagem para lembrar da condição e Darzé desconversou.

- O Maracanã foi notificado pessoalmente, eu fui lá, o Vasco deu início às vendas, e entendemos que o consórcio deveria avisar ao seu cliente, então fomos à Justiça, que proferiu liminar concedendo o Setor Sul ao Fluminense. Nossos advogados foram a São Januário, onde foram ameaçados. Houve descumprimento expresso e deliberado de ordem judicial.

- O Vasco pode jogar no Maracanã quando quiser, operar o estádio quando quiser, mas o lado Sul, quando o Fluminense estiver em campo, é do Fluminense. Um direito contratual.

- Coloquei muito claramente as questões ao presidente da Ferj, Rubens Lopes, que confusões estavam sendo causadas pelo Maracanã. O Consórcio tomou partido de um clube com o qual não tem contrato comercial.

- Poucas pessoas conhecem dos meandros do futebol como Eurico Miranda, se nem ele conseguiu isso, só pode ser uma questão de quem está administrando o estádio. O direito do Fluminense foi reconhecido judicialmente.

- Não jogar seria romper um contrato com a Globo, com a Ferj, então vamos jogar com força máxima para ganhar o jogo. Quero dizer que vamos lutar pelos nossos direitos e em defesa de nossos interesses. O Fluminense entende que deve continuar brigando por aquilo que é correto. Mas agora é hora de focar no jogo e deixar o nosso jurídico trabalhar.

- O Fluminense não foge da briga e, mesmo em desacordo, eu quero chamar os nossos torcedores. Nossos jogadores estão treinando ao máximo, quero que vocês lotem o setor que não é o nosso e vamos lá para torcer. Ir para o jogo apoiar o nosso time, nossa torcida no gogó é a melhor disparada, o Fluminense precisa de vocês. Precisamos da sua presença no estádio. Vamos para a guerra. Nosso clube é conhecido como o Time de Guerreiros, convoco a uma guerra saudável. Se tiver confusão, vamos colocar a responsabilidade nas pessoas corretas. Fluminense vai quente caso algum torcedor nosso tenha problema por desencontro de setores no estádio.

- Não abrimos ponto de vendas nas Laranjeiras. Os ingressos estão à venda para o Setor Norte, mas aqui nas Laranjeiras não vamos vender.





Ua original
Tim original
Rappi original
Brahma original
Gatorade original
Futebolmelhor original
Bioleve original
Bnnutri original
Puri original
Wv original
Bassan original
Flaviohermolin original
Rentv original
Nhj original
Nb original
Radlink original
Bauerfeind original
Thermohuman original
Bodymetrix original
Vaccini original
Mazars original
Sos original
Parceiro cbc original
Grupoentreter original