11/11/2018 11:00 - EM
Olímpico
Ingrid Oliveira e Luiz Outerelo encerram Sul-Americano com medalha de bronze
Atletas do Flu fazem o Brasil brilhar na competição e garantir vaga no Pan 2019


Ingrid e Daniele Robles

Orgulho tricolor. Com quatro atletas na seleção brasileira, os saltadores do Fluminense encerram o Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos, realizado no Peru, com nove medalhas. Neste sábado, 10, último dia de disputas, Ingrid Oliveira e Luiz Outerelo conquistaram o bronze na prova de equipe aberta mista. Juntos, os atletas também garantiram ouro no sincronizado misto na plataforma. No individual e no sincronizado, junto com Andressa Mendes, Ingrid subiu ao lugar mais alto do pódio e assegurou o lugar para o Brasil nos Jogos Pan-Americanos e no Mundial da Coreia.

Daniele Robles, estreando com a camisa da seleção, ficou com medalha de prata no trampolim de 3 metros sincronizado feminino com Ingrid, sua parceira também no Fluminense. No trampolim de 1 metro individual, a atleta faturou o bronze.

Luiz Outerelo brilhou na competição

Além das conquistas com Ingrid, nas provas masculinas, Luiz Outerelo ainda garantiu a prata com Ian Matos no trampolim de 3 metros sincronizado e mostrou que voltou com força total após meses parado por conta de uma lesão:

"Saí com 3 medalhas do Sul-Americano, uma de ouro, uma de prata e um bronze. De fato bati o meu recorde de medalhas em campeonatos internacionais como tinha prometido. Algumas provas preciso de ajustes, mas estou caminhando bem nessa minha volta ao cenário internacional", disse Luiz.

Ian Matos: ouro e bronze no Sul-Americano


Outro tricolor, Ian Matos, garantiu o ouro para o Brasil no trampolim sincronizado misto de 3 metros em dupla com Tammy Galera. Individualmente, na prova de 1 metro, o saltador ficou o bronze.

"Estou feliz com o resultado. Sabemos que a Colômbia é uma adversária muito forte, foram finalistas olímpicos, a principal briga ia ser com eles. Fiz uma boa prova individual nos 3 metros, fiquei em quarto lugar. Gostei muito de saltar no sincronizado com o Luiz, foi tudo dentro do esperado. Conquistei ouro com a Tammy sem problemas de adaptação. Nosso grau de dificuldade era bem alto, mas que pode ser melhorado. No trampolim de 1 metro eu saltei bem, foi um bronze, a um ponto da prata. Acho que o saldo foi bem positivo", analisou Ian.

A seleção foi comandada pela experiente Andreia Boehme, que também é técnica da equipe Tricolor. Além dos atletas do Fluminense,o elenco foi formado por: Isaac Nascimento de Souza Filho (IPB/DF), Tammy Galera Takagi (CBDA), Andressa Bonfim de Lima Mendes (IPB) e Luís Felipe Bonfim dos Santos Moura  (IPB). Na comissão, além de Andreia, estiveram: Alexander Ferrer (técnico), Beatriz Menezes Neta (árbitro), Lorena Alcoforado Lacerda (árbitro) e Eduardo Falcão (chefe da delegação).






Ua original
Tim original
Rappi original
Brahma original
Gatorade original
Futebolmelhor original
Bioleve original
Bnnutri original
Puri original
Wv original
Bassan original
Flaviohermolin original
Rentv original
Nhj original
Nb original
Radlink original
Bauerfeind original
Thermohuman original
Bodymetrix original
Vaccini original
Mazars original
Sos original
Parceiro cbc original
Grupoentreter original