Novas obras entregues no CT Vale das Laranjeiras: mais dois campos e vestiário

A molecada das categorias de base do Fluminense começou 2013 voando. Em quatro meses, o clube já conquistou três competições, com destaque para o time juvenil, campeão do mundo em Doha, no Catar, e da Copa Rio Sub-17 (disputada nos moldes da Taça São Paulo). O outro título foi a Taça Guanabara, com os juniores. E, com o objetivo de trazer ainda mais troféus para o clube e seguir formando craques, a diretoria tricolor continua investindo para melhorar a infraestrutura do Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras, em Xerém.

A segunda etapa de obras no CT acaba de ser concluída. Mais dois campos foram revitalizados e a lavanderia recebeu quatro máquinas novas. Além disso, em janeiro, um moderno vestiário de visitantes ficou pronto e já vem sendo utilizado pelos adversários em dias de jogos, atrás de um dos campos principais.

O investimento nessa segunda fase foi de R$ 750 mil. A construção do vestiário foi financiada com a venda do lateral-esquerdo Fabinho, que se transferiu para a Europa. Todos os recursos da transação foram aplicados integralmente em melhorias nas instalações do CT, conforme prometeu o presidente Peter Siemsen.

– Fico muito feliz com a entrega de mais essa etapa. Quando assumi, o estado das instalações era lamentável. Os atletas chamavam o alojamento de Carandiru. Agora, o sonho é transferir toda a estrutura de treinamento, no alto do terreno, para a área dos campos. Mas o importante é que conseguimos em pouco tempo fazer as obras urgentes – ressalta o presidente Peter Siemsen.

Investimento chega a R$ 3 milhões

Na primeira fase de obras, concluída em abril de 2012, foram entregues os dois campos principais, os 30 quartos do alojamento, uma central de monitoramento e uma sala de internet. Foi a primeira grande transformação no espaço desde a sua inauguração oficial, em 1995.

No total, já foram investidos cerca de R$ 3 milhões no centro de treinamento. Além das obras, o valor inclui o investimento em equipamentos, tecnologia e equipe de preparação e captação técnica, reconhecida como uma das melhores do Brasil.

O gerente-geral das categorias de base, Fernando Simone, destaca a importância da finalização de mais uma etapa do processo de modernização do CT:

– Qualificamos o nosso trabalho e demos mais conforto aos nossos atletas, para que possam desempenhar o melhor futebol. É fundamental uma boa infraestrutura, para que os jogadores tenham uma boa performance em campo. Os resultados estão aí, com cada vez mais títulos, atletas aproveitados no profissional e convocados para a Seleção.

Matéria enviada antecipadamente aos sócios com email cadastrado no Portal do Sócio.