09/01/2017 22:00 - EM
Olímpico
Superliga: Rexona vence o Tricolor no duelo carioca do returno
Time de Bernardinho leva a melhor e derrota as Guerreiras por 3 sets a 1. Próxima partida é contra o Rio do Sul


Fluminense tentou, mas não conseguiu evitar a derrota para o Rexona por 3 sets a 1

Casa cheia, gritos das torcidas, rivalidade em quadra e o calor que transformou o Tijuca Tênis Clube em um verdadeiro caldeirão. Dois gigantes do vôlei carioca disputavam suas primeiras partidas do returno da Superliga. De um lado, o Rexona-SESC, dono da casa e líder do campeonato. Do outro, o Time de Guerreiras do Fluminense, oitavo colocado na competição, com o peso da camisa e da tradição. Quem levou a melhor nesta segunda-feira, 9, foi o Rexona, que venceu por 3 sets a 1, com parciais 30x28, 19x25, 25x12 e 25x18 e somou 34 pontos na tabela de classificação, enquanto o Fluminense permanece com 16. O próximo confronto das tricolores será no dia 13, contra o Rio do Sul, no Ginásio Artenir Werner, às 20h15.

Em quadra com a oposta Renatinha, Letícia Hage e Lara Nobre como centrais, a líbero Juju Perdigão. a levantadora Pri Heldes, a capitã Sassá e Ju Odilon nas pontas, o Fluminense encostou no placar e com o bloqueio forte não deu chance para as rivais. Marcado pelos erros das duas equipes e dos árbitros, o primeiro quarto acabou com vitória do Rexona, que teve por três vezes a chance de fechar o set adiada. Renatinha dificultou para o time de Bernardinho, mas não evitou a vitória por 30 a 28.

Sassá vibra com vitória no segundo set

Segundo tempo e um Fluminense renovado em quadra. Abrindo vantagem logo no início, o time se distanciou no marcador e aproveitou os erros do Rexona. Novamente com um bloqueio que parecia uma muralha, o Tricolor assumiu a liderança e deixou Lara Nobre dominar a partida. Com mais de cinco pontos à frente, o Time de Guerreiras viu a capitã Sassá fechar a parcial por 25 a 19 para o Flu.

No terceiro set, com as duas equipes demonstrando cansaço, o Fluminense saiu na frente e logo foi alcançado pelas rivais cariocas. Com tudo igual no marcador, o Tricolor estacionou e viu as rivais abrirem ampla vantagem. Os vários erros de recepção do Flu custaram caro: 25 a 12 para o Rexona.

O último quarto de jogo foi de tensão para os dois lados da quadra. Novamente errando muito, o Rexona fez 17 a 5. A reação veio com a capitã Sassá, não diminuiu a diferença e por duas vezes adiou a festa do Time de Bernardinho. Lara Nobre no bloqueio fez o que pôde, mas a vitória ficou com o Rexona, que finalizou a partida por 25 a 18.

- Começamos num ritmo muito bom, jogando de igual pra igual. Nossa equipe está numa crescente muito positiva, conseguimos vencer o segundo set, mostrando nosso potencial e da forma que buscamos jogar, defendendo bem e atacando com eficiência. Já o no terceiro e quarto sets deixamos distanciar demais o placar e contra uma equipe forte, fica difícil uma reação. Mas no balanço, achei positivo o jogo, pela luta e entrega da nossa equipe. Agora é descansar e focar no nosso próximo jogo, que é de extrema importância, praticamente uma final contra Rio do Sul - analisou a capitã Sassá.

Para o técnico Hylmer Dias, o time segue trabalhando dentro do esperado:

- Jogamos bem, apesar do calor que castigou as duas equipes. Isso se refletiu nos últimos sets, quando as jogadoras se mostravam exaustas. O Fluminense foi muito valente. Fizemos uma partida digna e temos muita coisa pela frente. Seguimos batalhando por cada ponto.

A equipe viaja nesta quarta-feira, 11, para disputar a segunda rodada do returno da Superliga, que terá a estreia da jogadora grega Eva Chantava, a nova ponteira do Time de Guerreiras.

Comunicação Institucional FFC

Fotos: Mailson Santana/FFC





Ua original
Frescatto original
Tim original
Thinkseg original
Laboratorios lafe original
Zoom original
Mackenzie original
Brahma3 original
Gatorade original
Parceiro movimento futebol melhor original
Eurocolchoes original
Parceiro bioleve original
99 original
Vw original
Nbtelecom original
Baurfeind original
Parceiro sos mata atlantica original
Parceiro cbc original