20/09/2018 22:00 - EM
Olímpico
Suellen Silva está em Baku para o Mundial Sênior de Judô
Buscando uma vaga em Tóquio 2020, judoca integra a seleção libanesa



A judoca Suellen dos Santos Silva, do Flu/RBMix, está em Baku, no Azerbaijão, para disputar o Mundial Sênior, que acontece até o dia 27 de setembro. A competição é a mais importante da temporada e reúne os melhores judocas do mundo. Recentemente, a atleta se naturalizou Libanesa, a convite do próprio técnico na seleção olímpica, o Sensei Gabriel Vicentini, e não hesitou em partir para uma nova experiência. Aos 20 anos, Silva, como é chamada pelos libaneses, já obteve excelentes resultados e figura em 18º lugar no ranking mundial na classe Sub-21.

"Fiz duas boas competições e entrei no ranking. Uma foi o Mundial Asiático e a outra foi a Copa Panamericana. Depois disso veio o convite do Gabriel, técnico da seleção olímpica libanesa. Tive somente dois dias para decidir se iria ou não para o Líbano. Pesou muito o fato de ser Sub-21 ainda e ter muitos atletas mais experientes no Brasil. Minhas chances eram poucas, então resolvi encarar esse desafio", contou.

Apaixonada pelo judô desde pequena, Suellen integrou a seleção brasileira de base, sempre garantindo bons resultados. Chegou a ser a 3ª melhor do país e participou da Copa Europeia de Judô para Cadets, em Berlin na Alemanha, em 2015, quando viu que era hora de buscar uma oportunidade fora do Brasil :

"Tinha planos para as olimpíadas e outras competições internacionais. Nunca saí do foco. Sabia que precisava de mais tempo em um estágio internacional para melhorar minha pontuação. Me surpreendi com o convite e aprendo muito a cada dia. Fiz a escolha certa", disse a judoca, que já está bem adaptada à nova vida:

"A primeira vez que estive no Líbano fiquei apenas um mês. Sempre fui muito bem recebida, mesmo sem falar tão bem o inglês. Todos se esforçam para me entender. É uma cultura muito diferente da minha, mas estou adorando conhecer lugares e pessoas tão diferentes. Já estava acostumada a ficar longe da família. Nem no Rio morava perto deles. Saí de casa aos 14 anos e já sei me virar sozinha. Faz parte da vida de atleta. Tudo que aprendi vai me ajudar muito quando voltar para o Brasil. Só posso agradecer aos técnicos pela oportunidade e a todos que me receberam tão bem".

Sem esconder a ansiedade, Suellen, que luta no dia 23, espera bons resultados em Baku:

"Tenho treinado muito. Espero ir bem. É um sonho participar de algo tão grande. Sei que os melhores atletas estão aqui, mas estou preparada e confiante".

As disputas preliminares do Mundial Sênior começam às 3h da manhã, no horário de Brasília - 10h, no horário local de Baku. As disputas por medalhas serão a partir das 9h (Brasília) - 16h (Baku). O horário de início será diferente apenas no último dia para a competição por equipe, que começará às 2h (Brasília), mas as finais serão às 9h (Brasília).

Após a disputa no Azerbaijão, Suellen tem outro desafio importante: o mundial Sub-21, que acontecerá nas Bahamas, entre os dias 17 e 21 de outubro.

Texto: Comunicação FFC



Ua original
Tim original
Rappi original
Brahma original
Gatorade original
Futebolmelhor original
Bioleve original
Bnnutri original
Puri original
Wv original
Bassan original
Flaviohermolin original
Rentv original
Nhj original
Nb original
Radlink original
Bauerfeind original
Thermohuman original
Bodymetrix original
Vaccini original
Mazars original
Sos original
Parceiro cbc original
Grupoentreter original