06/02/2017 14:49 - EM
Xerém
Projeto Plano de Carreira de Xerém traz bons frutos para o Flu
Dos 17 moleques de Xerém no elenco profissional do clube, dez fizeram parte do projeto da base tricolor


Marcos Júnior e Gustavo Scarpa fizeram parte do Projeto Plano de Carreira de Xerém

Desenvolver jogadores com excelência para a equipe profissional do Fluminense é o grande objetivo das divisões de base do clube. Porém, não há como a equipe principal absorver todos os atletas formados por ano em Xerém. Na mais completa academia de formação do país, a molecada tem a opção de ser emprestada para times do Brasil e do exterior, a fim de ganhar mais visibilidade ou voltar mais experiente e valorizado. No atual elenco tricolor, dez Moleques de Xerém já fizeram parte do projeto.

A diretoria da base do Fluminense se preocupa com todos os atletas em desenvolvimento e por isso oferece um plano de carreira para aqueles jogadores que não serão aproveitados de imediato na equipe principal. O projeto tem rendido bons frutos, tanto tecnicamente como na exposição da marca tricolor por todo o mundo. No elenco atual, jogadores como o meia Gustavo Scarpa, o lateral Léo, o atacante Lucas Fernandes e os zagueiros Nogueira e Reginaldo são uns dos atletas no elenco de 2017.

- Aqui na base do Fluminense temos um plano de carreira sólido para todos os jogadores. Mostramos para nossos atletas que independentemente da quantidade de jogadores, das estrelas do primeiro time, a gente oferece a possibilidade de jogar em algum lugar do Brasil ou do mundo. Temos projetos com alguns times ao redor do mundo para oferecer essa possibilidade – contou o gerente da base, Marcelo Teixeira.

No Plano de Carreira, o clube não perde o vínculo com o jogador e, na maioria dos casos, ainda mantém o investimento nele, que tem contrato longo desde o Sub-20. O Fluminense é o clube que mais viagens fez com a base ao exterior nos últimos anos, tem parcerias nacionais e internacionais que são utilizadas para dar mais experiências aos jogadores com intercâmbios e empréstimos.

- Adotamos uma frase em Xerém: “Faça uma pessoa melhor, e teremos um jogador melhor”. O jogador quando atua no exterior evolui dentro e fora de campo. Aprende inglês, e volta mais disciplinado, dinâmico, com outra vivência. Acreditamos nisso e temos tido bons resultados com essa experiência. Todas essas ideias e esses trabalhos que procuramos desenvolver a partir de nosso projeto internacional estarão sempre voltados para a excelência no processo de formação do jogador de Xerém – disse Marcelo Teixeira

O Fluminense, em parceria com o Brasas, promove curso de inglês para os atletas da base, palestras e programações culturais para, além de formar grandes atletas, formarem cidadãos melhores para o mundo. Atualmente, o Tricolor tem parceria com clubes de todo o mundo. Mais de 30 jogadores do tricolor participaram do projeto nos últimos anos.

Confira os jogadores do elenco profissional do Fluminense que participaram do Projeto Plano de Carreira:

Goleiro: Marcos Felipe
Zagueiros: Nogueira e Reginaldo
Lateral: Léo
Volante: Luiz Fernando
Meias: Gustavo Scarpa e Daniel
Atacante: Marcos Júnior, Lucas Fernandes e Marquinhos Calazans

Comunicação Institucional FFC
Foto: Nelson Perez/Fluminense FC





Ua original
Frescatto original
Tim original
Thinkseg original
Laboratorios lafe original
Zoom original
Mackenzie original
Brahma3 original
Gatorade original
Parceiro movimento futebol melhor original
Eurocolchoes original
Parceiro bioleve original
99 original
Vw original
Nbtelecom original
Baurfeind original
Parceiro sos mata atlantica original
Parceiro cbc original