08/01/2017 09:00 - EM
Olímpico
Ginásio do Flu passa por obras para receber piso padrão internacional
Clube aproveita o período de férias das escolinhas para realizar melhorias no ginásio João Coelho Netto


Pintura e pisos novos: Fluminense realiza melhorias na sede

Janeiro é mês de férias das escolinhas do Fluminense e o clube aproveitou o período de recesso para realizar obras e revitalizar o ginásio João Coelho Netto. O espaço vai ganhar novos pisos transportáveis no padrão utilizado pela Rio 2016 e terá a quadra ampliada, atendendo aos padrões oficiais internacionais de medidas do basquetebol.

Após receber R$ 2.375.310,06 do CBC (Comitê Brasileiro de Clubes), quantia que contempla melhorias não só no ginásio, mas também nas piscinas e quadras laterais, o Fluminense segue cumprindo o cronograma de obras feito em 2016, que estabelece as datas das obras priorizando o bem-estar dos sócios e o calendário das aulas:

- Os materiais chegaram dentro do prazo, mas os times de vôlei disputaram os campeonatos estaduais e chegaram às finais, ganhando todas, inclusive. Os jogos foram realizados aqui nas Laranjeiras e não foi possível parar tudo antes. Sem aulas e sem jogos conseguimos realizar as mudanças com calma - disse Frederico Castro, gestor de Esporte Olímpico.

O valor recebido e utilizado na compra de equipamentos e nas melhorias é referente ao edital 5 do CBC. O clube também foi contemplado pelo edital 6, que trará investimentos de mais de R$ 1.000.000,00 durante 4 anos na área de recursos humanos do Departamento de Esporte Olímpico.

O CBC só permite a parceria com clubes comprovadamente formadores de atletas, como é o caso do Fluminense, que terá em breve o basquetebol em cadeiras de rodas, modalidade paralímpica. A entidade repassa os valores conseguidos através de mudança na Lei Pelé, que incluiu o Comitê como beneficiário de 0,5% do total da arrecadação das loterias da Caixa Econômica Federal.

Quadra será ampliada para atender aos padrões oficiais internacionais

Além do piso flutuante do ginásio, os atletas terão também novos equipamentos na academia, material de treinamento, como bolas de basquete e vôlei, novos cronômetros, placares, balizas, equipamentos de som e análise de vídeos, que são  investimentos importantes na sede para o desenvolvimento e formação de atletas olímpicos e paralímpicos.

- A obra na academia e nas quadras é a parte mais complicada. Demanda um tempo maior para a realização. Nosso objetivo é não atrapalhar e atrasar as aulas. Estamos cumprindo os prazos e respeitando o cronograma. Os atletas terão mais conforto, o que é ótimo para eles e para o clube - finalizou o gestor.

Comunicação Institucional FFC

Fotos: Mailson Santana (FFC)





Under armour
Frescatto
Tim
Thinkseg
Laboratorios lafe
Brahma3
Gatorade
Parceiro movimento futebol melhor
Parceiro bioleve
Coppertone
99
Vw
Nbtelecom
Parceiro sos mata atlantica
Parceiro cbc