12/10/2017 15:10 - EM
Futebol | Clube
Fluminense e Flamengo se unem no projeto Escalação Solidária
Os dois times se juntaram e estão dando visibilidade para 44 crianças e adolescentes desaparecidos no Estado do Rio de Janeiro


Surpresas para o clássico de logo mais. Flamengo e Fluminense acabam de anunciar as escalações, com mudanças nos times. No Flamengo, Everton Oliveira da Cunha vai atuar aberto pela esquerda, no lugar do Everton e William Carvalho de Almeida está na vaga de William Arão. Já no Fluminense, Wendel Daniel da Conceição entrou para fechar o meio, no lugar de Wendel e Lucas Fernandes Silva entra na direita, no lugar de Lucas. Não entendeu? É o projeto Escalação Solidária.

Os dois times se juntaram e estão dando visibilidade para 44 crianças e adolescentes desaparecidos no Estado do Rio de Janeiro, que são acompanhados pelo programa SOS Crianças Desaparecidas, da Fundação para a Infância e a Adolescência (FIA). O detalhe está nos nomes das crianças, que são os mesmos dos jogadores de Flamengo e Fluminense. A ideia é chamar a atenção para o problema, que atinge cerca de 40 mil crianças e adolescentes todos os anos no país.

“O FlaxFlu é um dos maiores clássicos do mundo. Nossa expectativa é que aumente o número de crianças e adolescentes localizados depois dessa ação. A divulgação é a forma mais eficaz de solucionarmos estes casos e acabar com o sofrimento dessas famílias. Queremos levar informação para o maior número de pessoas possível”, destacou a presidente da FIA, America Tereza.

As famílias das crianças e adolescentes desaparecidos foram convidadas para o clássico e algumas estarão juntas na arquibancada Leste do Maracanã. Elas foram convidadas pela equipe da Fundação para a Infância e a Adolescência (FIA).

“Está na história do Fluminense participar de grandes causas. Uma instituição, com milhões de torcedores, precisa servir como exemplo e colaborar de maneira assídua em fatores preponderantes da sociedade. É uma campanha extremamente importante e o Fluminense se orgulha de poder contribuir”, afirmou o presidente do Fluminense Pedro Abad.

“Todo grande time de futebol tem um papel importante na sociedade. Os clubes mexem com a paixão das pessoas, engajam milhões de torcedores e conseguem chamar a atenção para causas fundamentais, capazes de transformar o Brasil em um país melhor. Nesta ação conjunta de Flamengo e Fluminense, esperamos dar visibilidade a um tema dramático: as crianças desaparecidas. Torço muito para que consigamos permitir o reencontro de algumas dessas crianças com as suas famílias”, explica Márcio Mac Culloch, diretor de Comunicação do Flamengo.

A ação Escalação Social está sendo realizada pela FIA, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social, Disque-Denúncia e Agência NBS. Para entrar em contato com o Programa SOS Crianças Desaparecidas, a pessoa pode ligar para o 9.8596-5296 ou no site www.soscriancasdesaparecidas.rj.gov.br/.

Ingressos para crianças das favelas

O clássico também será especial para um grupo grande de crianças e adolescentes de projetos sociais das favelas da cidade. Em parceria com o projeto Favelagrafia, Flamengo e Fluminense convidaram 500 crianças da Rocinha, Santa Marta, Prazeres, Babilônia, Borel e Morro de São Carlos.

“Teve um menino que me agradeceu muito pela oportunidade, porque ele nunca foi ao Maracanã. Será a primeira vez dele. Tenho certeza que esse garoto nunca vai esquecer o FlaxFlu do Dia das Crianças”, comemora José Luiz de Oliveira, do projeto Escola Bola Santa Marta.

Também foram enviados ingressos para o Instituto Ronald McDonalds e para projetos sociais de Xerém, onde treina as categorias de base do Fluminense.





Under armour
Frescatto
Tim
Thinkseg
Laboratorios lafe
Brahma3
Gatorade
Parceiro movimento futebol melhor
Parceiro bioleve
Coppertone
99
Vw
Nbtelecom
Parceiro sos mata atlantica
Parceiro cbc