O Projeto Flu-Europa (STK Fluminense Samorin)

O Fluminense tem a mais completa academia de formação de jogadores do Brasil. O trabalho da base do clube não termina em Xerém. Pensando no desenvolvimento final dos jovens talentos, o Tricolor criou um projeto mais amplo, que visa aperfeiçoar a molecada formada em casa. A criação de uma equipe filial do Fluminense na Europa é um projeto pioneiro dentro do mercado brasileiro de futebol. O STK Fluminense Samorin possibilita uma grande evolução e considerável vantagem competitiva no processo de captação, retenção, desenvolvimento, transição e exposição de atletas. O Flu-Europa contempla apenas jogadores formados em Xerém.

FASES DO PROJETO
EM ATUALIZAÇÃO
Objetivos

- Desenvolvimento final do atleta de futebol realizado em um contexto tático, físico e mental na Europa, o mercado mais avançado de futebol do mundo. O jogador fica mais preparado para atuar no time principal do Fluminense.

- Desenvolvimento da pessoa em contexto totalmente diferente da realidade brasileira em termos culturais, hábitos alimentares, condições climáticas, estilo de vida etc. A base do Fluminense acredita no lema: "faça uma pessoa melhor, que você terá um melhor jogador".

- Qualificação dos profissionais das divisões de base por meio da oportunidade de períodos de intercâmbio profissional com as principais equipes do mundo.

- Fazer com que o Fluminense passe a ser reconhecido como uma das melhores academias de formação do mundo, aumentando a captação e retenção de jovens promessas.

- Filiação à UEFA e, consequentemente, acesso a toda tecnologia fornecida pela principal federação do planeta.

- Expansão e valorização da marca do Fluminense dentro do principal mercado de futebol no mundo.

- Exposição dos jogadores no principal mercado consumidor, valorizando todos os atletas de Xerém.

Por que o STK Fluminense Samorin?

- Baixo custo do futebol no país: possibilidade grande de crescimento com baixo investimento.

- Possibilidade ilimitada de estrangeiros no elenco: cinco jogadores de Xerém em campo no primeiro time, mais cinco na equipe sub-19.

- Liga de jovens atletas: a Eslováquia tem uma das ligas com mais jovens na Europa. Isto facilita a adaptação dos Moleques de Xerém.

- STK Fluminense Samorin é um clube sem dívidas.

- Localização geográfica: a Eslováquia fica localizada no centro da Europa e fica próxima das principais cidades do Velho Continente. Áustria (40km), Hungria (50km), República Tcheca (62km), Croácia (280km), Polônia (330km), Alemanha (350km), Itália (500km), Ucrânia (550km) e Suíça (600km). Em 1h30, chega-se a Samorin de qualquer grande cidade da Europa.

- Dimensão reduzida do país: diminui os custos operacionais e facilita a logística para locomoção da equipe por conta de distâncias pequenas que podem facilmente ser percorridas de ônibus.

- Possibilidade de captação de atletas europeus, dentro da região que engloba quatro países, para atuar no STK Fluminense Samorin).

- Infraestrutura de apoio de boa qualidade: STK Fluminense Samorin tem estádio próprio e parceria com a Xbionic Sphere, um dos maiores CTs da Europa.

Elenco em atualização
Comissão Técnica em atualização
Estádio Pomlé

Fundado em 1914, na cidade de Samorin, o FC STK Samorin é um clube que atualmente joga a segunda divisão da Eslováquia. O clube não possui nenhuma dívida e conta com um estádio com capacidade para mil pessoas e mais dois campos de treinamentos em tamanho oficial. Possui também, vestiários, departamento médico e fisioterapia em boas condições. O time tem uma parceria com a X-bionic Sphere para os trabalhos na academia.

A cerca de dois quilômetros do CT do Samorin fica a X-bionic Sphere um dos mais modernos centros esportivos da Europa.
O complexo fica dentro de um grande Resort a beira do Rio Danúbio e conta, entre outras instalações de alto nível, com um estádio para cerca de 5 mil pessoas. O Fluminense já iniciou as conversas para transformar, no futuro, o estádio do X-bionic Sphere na casa do STK Fluminense Samorin.

Galeria